Google+

"Meus filhos terão computadores, sim, mas antes terão livros. Sem livros, sem leitura, os nossos filhos serão incapazes de escrever - inclusive a sua própria história." Bill Gates

Compartilhe

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

O $how tem que parar



/// O que Deus disse a Isaías, no primeiro capítulo, faz sentido ainda hoje.

Os pastores feiticeiros e seu evangelho pagão


imagem: Gospel+


AGÊNCIA ESTADO | ECONOMIA & NEGÓCIOS

Deus resolve


Pastores da Igreja Universal do Reino de Deus inovam. Pela TV, em Brasília, prometem bom desempenho em concursos públicos. O fiel só precisa levar caneta ou comprovante de inscrição ao templo para ser ungido.
O discurso? “Se Deus te iluminar, te der a direção, nada dá errado.”
[Fonte: http://blogs.estadao.com.br/sonia-racy]

Por Ed René Kivitz, no seu Blog

O pior dessa notícia é que tem uma lógica danada. Literalmente, a lógica é danada. É dos quintos dos infernos. Mas faz todo o sentido dentro da cosmovisão religiosa popularmente identificada como cristã, isto é, da subcultura sociologicamente definida como segmento religioso que se pretende cristão. Senão, observe.


. Para quem crê em um Deus intervencionista, que se mete no cotidiano da vida humana vindo de fora (de outro mundo, da sala do trono, ou sei lá de onde), qual é o problema de pedir a Deus que favoreça um dos seus filhos em um concurso público?

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Em igreja, maconha vira erva sagrada e entra até na Bíblia

publicado no UOL Notícias


Na cidade de Americana (SP), sítio é sede de uma igreja rastafari que já foi palco de três batidas policiais com apreensão de dezenas de pés de maconha. A lei brasileira não permite o uso da cannabis para fins religiosos, mas esta igreja quer usar a jurisprudência do Santo Daime, permitido na legislação vigente. O chefe espiritual da igreja disse que investigou tudo sobre a crença pela internet e nunca teve contato pessoal com um rastafari jamaicano. Veja mais videorreportagens clicando aqui.


/// E aé mermão.... cê viu aqueles anjos voando na igreja??? #FalaSério

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Mark Driscoll é criticado por seu novo livro sobre sexo considerado por muitos como explícito

Mark Driscoll é criticado por seu novo livro sobre sexo considerado por muitos como explícito
via Gospel+
Os pastores Mark e Brace Driscoll são novamente alvo de polêmica. Muitos pastores, e outros líderes evangélicos, estão criticando o novo livro sobre sexo escrito pelo casal, por considerá-lo muito explícito. O livro fala sobre o casamento e o sexo e aborda uma série de tabus sobre o tema.
Publicado pela editora Thomas Nelson, Real Marriage: The Truth About Sex, Friendship And Life Together [Casamento Real: A Verdade Sobre Amizade, Sexo e a vida em conjunto] está na listas de mais vendidos da Amazon e Barnes & Noble desde o seu lançamento, na semana passada.
Segundo o Daily Mail a lista de tabus abordados pelo casal de pastores inclui: masturbação, sexo oral, sexo anal, fantasias sexuais, sexo durante a menstruação, sexo virtual, brinquedos sexuais, controle de natalidade, cirurgia estética, medicação sexual e agressão sexual. Esses assuntos não estão agradando os cristãos mais conservadores.

“Precisa-se de pastor para evangelizar que seja originário da Mundial ou Universal”


Denise Mello, no Paraná Online
vi no Pavablog

O anúncio publicado num dos maiores jornais de Curitiba na seção de classificados é claro: “Precisa-se de pastor para evangelizar que seja originário da Mundial ou Universal – tratar com Bispo Antonio José pelo telefone 41- XXXX”

Vocação ou profissão? Na dúvida, o apresentador Luiz Carlos Martins ligou ao vivo no telefone do anúncio na manhã desta sexta-feira (27) e pediu emprego, sem revelar que a ligação estava sendo transmitida ao vivo na Banda B.

O bispo admitiu que está à procura de pastores para uma nova igreja na região metropolitana. Acompanhe o diálogo:


Projeto visa alcançar e manter jovens na igreja

Um novo projeto de Igreja Metodista Unida chamado Spark12 está focado em alcançar e manter a juventude na igreja. A iniciativa oferece ferramentas aos jovens para criar ministérios específicos para a faixa etária.

O reverendo Casperson, membro executivo da equipe Spark12, disse ao The Christian Post que 
muitos jovens já estão envolvidos em iniciativas de justiça social. Ele disse que sua equipe descobriu "que os jovens querem fazer a diferença no mundo, mas nem sempre têm a confiança em organizações religiosas".

No ano passado o Grupo Barna divulgou um estudo mostrando que cerca de três em cada cinco jovens cristãos deixam de ir a suas igrejas, após 15 anos de idade.

"Dar aos jovens uma função e uma causa, muitas vezes, os mantêm na igreja", afirma Grieg Stier, do ministério de jovens Dare2Share. Ele conta ainda que a juventude de hoje é uma "geração de causas".

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Sabedoria e mortalidade


Por Paulo Brabo em Bacia das Almas

Tal como a nuvem se desfaz e some,
aquele que desce à sepultura nunca tornará a subir.
Jó 7:9


Talvez aproximar-se da Bíblia sem grandes prejulgamentos baste para se entender que é com muita hesitação que o próprio texto bíblico se aproxima da ideia de imortalidade. Em termos narrativos, históricos e literários, é só a terceira terça parte da Bíblia que tem algo a dizer sobre vida eterna – e mesmo assim não fala, muito provavelmente, da vida eterna como a estamos acostumados a imaginar.
Porém, o que quer que se conclua sobre a vida eterna em Daniel e no Novo Testamento, permanece o fato de que os dois primeiros terços da Bíblia tendem a sugerir, com impressionante consistência, que o que existe é esta vida – que deve ser bem vivida, com gratidão, com integridade e com gosto, porque é somente esta.

Esse silêncio em relação à vida depois da morte é no mínimo curioso, tendo em vista que a ideia de imortalidade pessoal é mais antiga do que os mais antigos textos bíblicos. A antiquíssima cultura egípcia, em particular, desenvolveu muito cedo as noções de [1] uma sobrevivência do eu depois da morte, de [2] um tribunal no além em que os atos desta vida eram pesados contra uma medida eterna de integridade, e de [3] uma eternidade de glória no céu (literalmente no céu, entre o sol e as estrelas) para os que se mostrassem dignos depois de passar por uma série de provas. Inicialmente esse destino eterno estava reservado exclusivamente ao faraó, mas pouco a pouco foi se estendendo ao restante da aristocracia egípcia (essencialmente, todos que tinham recursos suficientes para cobrir os custos dos rituais necessários, inclusive a mumificação).

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

PIRATARIA: Quem nunca baixou um arquivo que atire a primeira pedra!



Por Hermes C. Fernandes, no seu blog

As siglas S.O.P.A e P.I.P.A. têm dado muito o que falar entre os internautas brasileiros nos últimos dias. Apesar de tratar-se de projetos leis americanos, sabemos que geralmente o que se faz por lá, acaba afetando o resto do mundo. 

O Stop Online Piracy Act (SOPA, da sigla em inglês) propõe significativas alterações na forma de combate a pirataria no ambiente da internet. O projeto de lei permitiria ao Departamento de Justiça dos EUA investigar, perseguir e desconectar qualquer pessoa ou empresa acusada de disponibilizar na rede sem permissão material sujeito a direitos autorais dentro e fora do país afetando inclusive empresas brasileiras. A lei também obrigaria aos sites de busca, provedores de domínios e empresas de publicidade americanas a bloquear os serviços de qualquer site que esteja sob investigação do Departamento de Justiça por ter publicado material violando os direitos de propriedade intelectual.

Já o PIPA (Protect Intellectual Property Act), propõem penas de até cinco anos de cadeia para pessoas condenadas por compartilhar material pirateado 10 ou mais vezes ao longo de seis meses. Suas propostas também preveem punições para sites acusados de “permitir ou facilitar” a pirataria. Em tese, um site pode ser fechado apenas por manter laços com algum outro site suspeito de pirataria.

Não deve demorar muito para que o congresso brasileiro siga os mesmos passos do americano, tentar impor aos nossos internautas uma espécie de censura, semelhante à aplicada na China, Irã e Síria. A diferença está na justificativa usada: impedir a pirataria on-line. Ou seja: combater práticas sociais historicamente usadas pelas pessoas para acessar a qualquer obra cultural, como intercambiar, compartilhar, emprestar, etc., mesmo antes que a internet fosse inventada.

O que você (não) faz fala tão alto que não consigo escutar o que você diz

via Pavablog

As informações sobre esta imagem não estão bem documentadas. Uns dizem ser um grupo de evangelistas, outra pessoa no facebook disse ser um grupo de mulheres de caçadores. O que penso? A imagem diz por si mesma.


/// Chocado?

Pastora cabra safada aplica " sambarilove " em velha rica e descola uma mansão em troca de livramento do capeta


Pastora da igreja evangélica pentecostal Unidos pela Fé (parece nome de escola de samba), 51 anos, é suspeita de aplicar golpes em idosa de 80 anos, em Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul.
Golpe

De acordo com o delegado Miguel Said, a viúva idosa passou uma procuração para a pastora poder movimentar a conta bancária dela e, em março de 2010, comprou uma casa no valor de R$ 535 mil para a "pastora" na capital sul-mato-grossense.

O golpe só foi descoberto no fim do ano passado por familiares de Orlanda, a velhinha, que estranharam o fato de ela ter acumulado várias dívidas. “Ela não tem dinheiro, mas tem aplicações. Ela tem muita posse só que é tudo em imóveis e a família estranhou as dívidas”, afirma o delegado.

Por que os enganadores prosperam?




Por Hermes C. Fernandes,  no seu blog


Chega! Resolvi botar a boca no trombone! Chega de tentar tapar o sol com a peneira. A verdade tem que ser dita, doa a quem doer.

Por que os falsos prosperam? Por que os mentirosos se gabam de suas conquistas? Onde está Deus que não faz cair um raio na cabeça desses miseráveis?

Haveria algum propósito nisso? E quanto às milhares de vítimas desses charlatões?

Que unção seria esta que atrai tanta gente? Por que Deus os permite crescer tanto? Por que temos que suportá-los enquanto se esnobam em suas aquisições?

Convido-os à uma breve incursão nas Escrituras em busca de respostas para tais questões.

Paulo diz que havia tempo em que as pessoas não suportariam a sã doutrina, mas "tendo coceira nos ouvidos", se cercariam de mestres "segundo as suas cobiças" (2 Tm.4:3).

Eis o pulo do gato desses obreiros da iniquidade! Eles dizem o que o povão quer ouvir. Por isso atraem tanta gente.

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

“O Estado é laico, mas não é ateu”, afirma deputado evangélico

via Gospel Notícias
“O Estado é laico, mas não é ateu”, afirma deputado evangélico
O deputado federal e pastor Roberto de Lucena escreveu um artigo falando sobre a diferença entre religião e espiritualidade e aproveitou a comemoração ao Dia Internacional da Religião (21 de janeiro) para responder aos manifestantes homossexuais que criticaram a presidente Dilma por dar voz aos líderes evangélicos.

Para o deputado que é evangélico há muita diferença entre o Estado ser laico e ser ateu. “O Brasil é uma República e um Estado laico. Dizer que um Estado seja laico não significa dizer que seja um Estado ateu”, escreveu ele.

Sobre as atitudes da presidente Dilma, Lucena, que entregou à líder do Estado um exemplar da Bíblia Sagrada, disse que ela está sendo pautada não por uma religião, mas pelos interesses de toda uma nação. “Ela tem dado sinais de que persegue o ideal de governar o País com seriedade, responsabilidade, sensibilidade, transparência, competência e firmeza – ideal que para ela parece estar acima das questões menores, e dos interesses que sejam menores que os interesses de todos.”

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Ganhadores do Clube da Leitura 2011

Como sempre, ao longo do ano distribuímos livros como estímulo a leitura. Além de livros aleatórios que são sorteados, semana de aniversário do blog ou outras ações que promovemos, distribuímos livros, na sua maioria comprados com meu suado dinheirinho mesmo. Mas faço isso com satisfação e alegria de poder compartilhar com amigos e leitores o prazer da leitura.

Anualmente reconhecemos o esforço e a constância na leitura dos participantes, este ano premiamos 4 leitores, os 3 primeiros colocados e um sorteado entre os demais:

1º lugar com 5159 páginas lidas em 11 livros: MARIANA BRANDÃO

Ganhou o livro: "Uma vida com propósito", best seller com mais de 40 milhões de cópias vendidas em mais de 50 idomas.


Big Brother Brasil deve ser boicotado, dizem pastores evangélicos



Pastores e líderes religiosos de diversos segmentos evangélicos estão alertando sobre os valores inversos à família veiculados pelo programa da TV Globo, BBB 12, e orientando os crentes a boicotar o reality show.
A grande preocupação aumentou depois do caso de possível estupro envolvendo o participante Daniel Echaniz e a estudante Monique Amin dentro da casa.
O pastor Ariovaldo Ramos, da Comunidade Cristã Reformada de São Paulo e ex-presidente da organização Visão Mundial, falou ao The Christian Post sobre a questão.
Questionado se os evangélicos devem deixar de assistir ao BBB, a resposta foi categórica: “sim, deve ser boicotado, esse tipo de programa avilta o ser humano e insulta a Deus”, disse o teólogo e filósofo.
As discussões sobre se os cristãos devem ou não dar audiência para esse tipo de entretenimento, ganhou a internet e a Igreja Presbiteriana do Brasil criou um blog entituladoo Lado B do BBB.
Segundo o blog, os critérios para o reality show, que se propõe a ser uma amostra da realidade do povo brasileiro é o tripé: beleza física e disposição para expor o corpo à vontade, ambição para usar todos os meios possíveis, éticos ou não, para conseguir o prêmio de um milhão de reais e habilidades para envolver os outros participantes e o público evitando a eliminação precoce.

BBB 12: Daniel expulso do Big Brother Brasil seria evangélico

publicado no Midia Gospel
GOSPEL Foto/Imagem BBB 12: Daniel expulso do Big Brother Brasil seria evangélico Noticia Religião
O participante do BBB12 Daniel Echaniz foi eliminado do programa pois a direção julgou seu comportamento inadequado, quando após uma festa, deitou-se com a colega Monique Amim e protagonizou ao lado dela, cenas de intimidade sexual.
Daniel então passou a ser suspeito de estupro, pois Monique, que havia bebido em excesso durante a festa, aparentemente estava inconsciente durante as cenas flagradas pelas câmeras do programa. Em depoimento à Polícia, Monique afirmou estar consciente e disse que todo o ato foi consentido, versão igual à do depoimento prestado por Daniel.
Porém uma informação extraída do Facebook traz um novo ingrediente à confusão: o modelo Daniel Echaniz seria evangélico e frequentador da Zion Church, mesma igreja da apresentadora Monique Evans. A informação foi divulgada pelo blog “Cleycianne” e na imagem colocada para mostrar a autenticidade da notícia, aparecem comentários de outros membros da igreja: “Mais um membro da Zion em reality, que coisa, nem estava sabendo”, afirma um dos internautas, referindo-se à participação de Monique Evans no programa “A Fazenda”, da TV Record.

Ranking 2012

Doe um livro, doe vida!

Lance seus livros lidos em 2012

sábado, 14 de janeiro de 2012

Por que eu odeio a religião, mas amo Jesus

O vídeo original já ultrapassou 9 milhões de acessos em 4 dias, tornando-se um dos maiores webhits do ano.
Jefferson Bethke explica a diferença entre religião e Jesus. Veja a versão legendada.


via Pavablog

Levantamento aponta que religião é o tema que mais atrai no Facebook

Levantamento aponta que religião é o tema que mais atrai no Facebook
As mídias sociais formam um canal importante de engajamento e o principal site de relacionamentos, o Facebook, foi alvo de um estudo sobre quais os assuntos que despertam o envolvimento de um maior número de usuários.
O “All Facebook” listou as páginas com mais adeptos em todo o site e nem o astro adolescente Justin Bieber, nem o Real Madrid, time de futebol espanhol, superam o assunto religião. No Brasil, até um dos pesos pesados da internet, o apresentador Luciano Huck, foi superado pelo assunto.
Entre os primeiros colocados estão as páginas “Jesus Daily”, “Dios Es Bueno”, “The Bible”, “Joyce Meyer Ministries”, “ILoveAllaah.com” (ligado ao islamismo), “Renuevo de Plenitud”, “Jesus Christ” e “I’m a Muslim & I’m Proud”, também ligado ao movimento muçulmano.

Vírus da gentileza



/// Seja gentil, cultive a gentileza, gere amor não gere guerra.
/// Compartilhe

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Pastora evangélica é acusada de manter criança indígena como escrava


publicado originalmente no Correio Braziliense
fonte da imagem
O Ministério Público Federal em Goiás ofereceu denúncia contra uma pastora evangélica por submeter uma criança indígena de 11 anos à condição análoga a de escravo, em Goiânia (GO). De maio de 2009 a novembro de 2010, a mulher forçou a menina a realizar, de forma degradante, trabalhos domésticos em sua residência, com jornada excessiva, de acordo com a ação penal formalizada à Justiça Federal em Goiás. Ainda não foi divulgada a entidade da religiosa nem o nome e endereço do templo em que pregava.


A criança é da aldeia indígena de São Marcos, em Barra dos Garças (MT), e se mudou para Goiânia com o pai e a irmã em busca de tratamento médico. Inicialmente, eles se hospedaram na Casa de Saúde do Índio, mas, para proteção das filhas, o homem procurou apoio material e religioso, quando, então, se dirigiu, por indicação, à Igreja conduzida pela pastora.



A criança indígena foi entregue aos cuidados da pastora, que prometeu oferecer habitação e educação a ela. No entanto, “aproveitando-se de sua pobreza e necessidade, submeteu-a, com vontade livre e consciente, a exaustivos e penosos serviços domésticos de natureza contínua, explorando-a, com prejuízo a sua frequência e a seu aproveitamento escolar e em detrimento de seu desenvolvimento físico, moral e social”, narra a ação penal.



Como uma empregada



Entre as práticas cometidas, a pastora ameaçava de castigos corporais a criança e a submetia a longas horas diárias de serviços de natureza contínua, no período da manhã e noturno. A menina só podia se alimentar e fazer as tarefas escolares após o cumprimento total de suas atividades laborais, consistentes em limpar os banheiros e o chão da residência, lavar e passar roupas, lavar louças e vasilhas, além de cozinhar, tudo com a utilização de instrumentos perigosos para sua idade, como ferro de passar roupa e materiais cortantes na cozinha, aplicando-lhe, ademais, castigos corporais quando não realizados os serviços a contento.


Sexta de Pensamentos (13/01/2012)


"Querer a verdade é confessar-se incapaz de a criar." - Friedrich Nietzsche
 
"Existem pessoas que acostumam-se com seus próprios erros, e em pouco tempo confundem seus defeitos com virtudes." - Paulo Coelho

"A felicidade não é um prêmio e sim uma conseqüência, sofrimento não é um castigo e sim um resultado." - Robert G. Ingersoll

"Dialogar é construir pontes; Onde há pontes existe comunicação; E a comunicação é o caminho para a verdadeira amizade." - Anônimo

Oswaldo Montenegro confessa medo de morrer por não ter religião


O cantor e compositor da Música Popular Brasileira Oswaldo Montenegro, 55, durante entrevista a uma revista, admitiu ter muito medo de morrer. A principal razão por este temor é o fato dele não ter religião.
“(Tenho) muito medo. E de que as pessoas que eu amo morram. Como não tenho religião, isso dá um pânico”, revelou Montenegro.
O cantor disse também que adoraria ter alguma fé, uma crença, mas por achar que o universo tem coisas que a lógica cartesiana não entende e não explica, não opta por nenhuma.

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Os vendilhões dos templos eletrônicos em tempos de espertalhões da fé


publicado originalmente no Sul21

Por Luiz Cláudio Cunha

A estrela do Show da Fé, R. R. Soares
Incapaz de vender a alma ao diabo, a Rede Bandeirantes acaba de revender seu santo horário da noite para o pastor R.R. Soares, o líder da Igreja Internacional da Graça de Deus. O seu ‘Show da Fé’ de 20 minutos, que começava religiosamente às 21h, agora vai durar uma hora inteira, a partir das 20h30. Não se sabe ainda quanto custou esse novo e triplicado milagre, mas pelo contrato antigo o bom pastor já pagava R$ 5 milhões mensais à Band. O vil metal falou mais alto para a TV de Johnny Saad, que anunciava a devolução do horário nobre da noite a seriados consagrados, como o 24 Horas, para concorrer com as novelas da Globo e as séries do SBT, todas com melhor audiência.

De 20 minutos para uma hora diária na Band
A novidade escangalhou os planos do argentino Diego Guebel, que assumiu a direção artística da Band em outubro passado com a promessa de recuperar o espaço nobre e caro da noite para atrações mais mundanas do que a prosopopeia de Soares. A bíblica derrota de Guebel na Band é apenas outro indício da onda avassaladora do dinheiro que afoga a TV brasileira deste Brasil cínico que finge ser laico e imune à força econômica da religião e seus falsos profetas. Os canais de rádio e TV são concessões públicas, supostamente alheias aos credos e seitas religiosas que transformaram estúdios, igrejas, templos e estádios em púlpitos eletrônicos cada vez mais invasivos e escancarados.

Não existe ninguém no Governo ou no Congresso brasileiros com coragem para frear essa flagrante ilegalidade, sancionada por verbas, dízimos, patrocínios e uma farta hipocrisia. A irrestrita capitulação aos padres e pastores que lideram milhões de fiéis (e eleitores) ficou escancarada na última eleição presidencial, em 2010, quando os dois principais candidatos com raízes na esquerda — Dilma Rousseff e José Serra — sucumbiram vergonhosamente à chantagem das correntes mais atrasadas das igrejas, frequentando missas e cultos com o gestual mal ensaiado de pios devotos que não sabiam nem metade da missa, nem qualquer salmo dos evangelhos. Encenaram um constrangedor teatro de conversão medida para não ofender o eleitor mais ortodoxo. Para não perder votos, Dilma e Serra caíram na armadilha do falso debate religioso sobre o aborto — um tema que um e outro, por mera consciência política ou formação acadêmica, sabem que nos países mais evoluídos não passa de um grave e secular problema de saúde pública.

Os evangélicos detêm 80 rádios e quase
280 emissoras de TV
A submissão das instâncias do Estado secular ao poder cada vez maior das igrejas pode ser medida pela intrusão cada vez mais descarada da fé nos meios eletrônicos do Brasil, que deturpam a concessão pública pelo proselitismo religioso vetado pela Constituição. A igreja católica brasileira agrupa hoje mais de 200 rádios e quase 50 emissoras de TV, contra 80 rádios e quase 280 emissoras de TV de oito braços do crescente ramo evangélico. É um domínio que se fortalece cada vez mais, embora adaptando seu perfil para fórmulas mais agressivas e despudoradas de avanço sobre o bolso das populações mais pobres, mais desesperadas, menos instruídas.

Compartilhe no Facebook

Related Posts with Thumbnails