Google+

"Meus filhos terão computadores, sim, mas antes terão livros. Sem livros, sem leitura, os nossos filhos serão incapazes de escrever - inclusive a sua própria história." Bill Gates

Compartilhe

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Sexta de Pensamentos (26/11/2010)

"Quando faço o bem, sinto-me bem; quando faço o mal, sinto-me mal. Esta é a minha religião." - Abraham Lincoln

"As idéias não são responsáveis por aquilo que os homens fazem delas." - Werner Karl Heisenberg

"A beleza pode abrir portas, mas somente a virtude entra." - Provérbio

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Faça com paixão!!! [4]

O pastor Bill Hybels em suas palestras e livros sempre cita uma frase a qual assumi para mim: "A igreja local é a esperança do mundo". Esta frase o motivou a estabelecer umas das maiores igrejas da América do Norte (Willowcreek Community Church), e não apenas isto, o motivou a investir na capacitação de outras igrejas ao redor do mundo. Milhares de líderes e pessoas comuns, que não se julgavam capazes de realizar absolutamente nada, foram impulsionadas por treinamentos como The Global Leadership SUMMIT que ocorre há 15 anos, na edição deste ano prevê capacitar 120.000 líderes em 400 cidades em 50 paises. Isto sim é paixão!!! A paixão nos tira da inércia.

Felizmente, Hybels não é, e não será o único, a construir um legado na vida das pessoas, a história da humanidade nos mostra diversos outros homens e mulheres que foram impulsionados a cumprirem sua missão de maneira destemida, cada um em sua escala de influência, mas fazendo a diferença. Podemos relembrar alguns desses que fizeram a diferença por causa da paixão que tinham pelo o que faziam, você vai concordar comigo:

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Imagem da semana


As vezes, as correntes que nos impedem de sermos livres e felizes são mais mentais do que físicas!
 
Pense, pois muitas vezes amarram você em nada e você acredita!!!

Até a próxima!

Sexta de Pensamentos (19/11/2010)

"A verdadeira maneira de se enganar é julgar-se mais sabido que outros." - La Rochefoucauld

"A arrogância é o reino - sem a coroa."

"O homem que não soube sobreviver aos maus tempos, não vai ver os bons."

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Você foi feito para isso! [3]

Vivemos em uma busca constante pela sobrevivência, por qualificação, por um emprego melhor, por uma vida melhor. Esta busca nos faz sentirmos cansados, mas o pior de tudo é o sentimento de falta. Sempre está faltando alguma coisa, por mais que trabalhemos, por mais dinheiro que ganhemos, a maioria das pessoas está no limite. Então, como lidar com esta busca ao inalcançável? Abaixo transcrevo uma entrevista com  Randolph Brennan, um famoso guru do mercado de trabalho, que fala sobre questões que talvez nos façam compreender alguns dos dilemas da vida:



Pergunta 1) AINDA É POSSÍVEL SER FELIZ NUM MUNDO TÃO COMPETITIVO?
Resposta = Quanto mais conhecimento conseguimos acumular, mais entendemos que ainda falta muito a aprender. É por isso que sofremos. Trabalhar em excesso é como perseguir o vento. A felicidade só existe para quem consegue aproveitar agora os frutos de seu trabalho.

Pergunta 2) O PROFISSIONAL DO FUTURO SERÁ INDIVIDUALISTA?
Resposta = Ao contrário. O azar será de quem ficar sozinho. Porque, se cair, não terá ninguém para ajudá-lo a se levantar.

Pergunta 3) QUE CONSELHO O SENHOR DÁ AOS JOVENS QUE ESTÃO ENTRANDO NO MERCADO DE TRABALHO?
Resposta = É melhor ser criticado pelos sábios do que ser elogiado pelos insensatos. Elogios vazios são como gravetos atiratos em uma fogueira.

Pergunta 4) E PARA OS FUNCIONÁRIOS QUE TÊM CHEFES CENTRALIZADORES E PERVERSOS?
Resposta = Muitas vezes, os justos são tratados pela cartilha dos injustos. Mas isso passa. Por mais poderoso que alguém pareça ser, será incapaz de dominar a própria respiração.

Pergunta 5) O QUE É EXATAMENTE SUCESSO?
Resposta = É o sono gostoso. Se a fartura do rico não o deixa dormir ele estará acumulando ao mesmo tempo, sua riqueza e sua desgraça.

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Eles Precisam de Deus

 
 
 
X
 
 
 
 

  
 
Em 1974 o economista e professor da University of Southern California (EUA), Richard Easterlin, propôs um paradoxo interesante: as pessoas ricas costumam ser mais felizes que as pessoas pobres, mas as nações mais ricas não são mais felizes que as pobres; e à medida que o país fica mais rico, isso não faz com que sua população fique mais feliz. Em outras palavras: não importa quanto você ganhe, desde que ganhe mais do que aqueles que estão próximos a você. Um estudo recente feito por dois economistas da Universidade da Pensilvânia (EUA), Stevenson e Wolfers, contestou esse paradoxo, chegando à conclusão que as nações mais ricas também são mais felizes que as mais pobres, e esse enriquecimento tem a ver com o aumento da felicidade da população. Então a afirmação “O dinheiro traz felicidade” está correta, certo?
 Como diria um conhecido político nosso, nunca na história desse país, a população viveu dias de tamanha euforia em relação à nossa economia. A estabilidade econômica pela qual passa o Brasil tem permitido que cada vez mais brasileiros ascendam socialmente. Eles estão conseguindo realizar sonhos, concretizar planos que antes eram inatingíveis, viver uma vida nova cheia de esperança e otimismo. Há previsões que afirmam que a renda per capita brasileira em 2011 pode ultrapassar dez mil dólares.

Sexta de Pensamentos (12/11/2010)

"As vezes é preciso parar e olhar para longe, para podermos enxergar o que está diante de nós." - John Kennedy
"Não sobrecarregues os teus dias com preocupações desnecessárias, a fim de que não percas a oportunidade de viver com alegria." - André Luiz
"Quando a oportunidade bate à porta, algumas pessoas estão no quintal procurando trevos de 4 folhas." - Anônimo

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Desculpa de bêbado!

E tudo acaba em samba...

video


Dica: @mlmeira
Fonte: Youtube

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Qual é o seu talento? [2]

Você tem um talento? Quando escuto esta pergunta penso logo no meu violão, ele é um talento, mas confesso que eu não, não propriamente eu, mas quero dizer os dois juntos. Insisti durante minha adolescência em querer tocar violão e até que consegui tirar algum som dele, mas nem de longe chego próximo do talento de alguns amigos que encontro praticamente semanalmente, o som do violão bem tocado é um bálsamo para alma, faz me sentir mais próximo do divino. Cantei em coral de igreja, o que foi menos frustrante, pois tinha muita gente entoada do meu lado e obviamente eu procurava cantar mais baixo. Mas um dia, alguém me disse percebi que cantar ou tocar, ou os dois juntos, não era meu talento, foi um alívio para mim e para meus ouvintes, procurei me conhecer melhor e tentar fazer outras coisas.


No SBT tem um programa cujo nome é "Qual é o seu talento?" onde alguns personagens interessantes se apresentam,   alguns bizarros, mas outros revelam verdadeiros talentos como Felipe Cachopa, veja o que este rapaz faz com as mãos:

 

Após vermos um vídeo como este temos a impressão de que este talento já nascemos com ele, mas não é bem assim. Segundo o dicionário web temos a seguinte definição para talento:

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

EBD, arte e mediocridade

Meus alunos adolescentes da EBD estão terminando de ler "Viciados em mediocridade". Chegaram a um mesmo impasse que eu cheguei quando li: cada capítulo passa a repetir insistentemente: vida espiritual é sua vida inteira; tudo que você fizer, faça seu melhor.

Agora nos aproximamos de uma encruzilhada: como isso se aplica na vida deles? E na minha? Como a preocupação com a qualidade, com a ética e a estética, com o conteúdo e a forma pode ser aplicada às atividades da igreja?

E agora, Frank?

Findo o livro, os meninos vão perceber que o mais difícil não terá sido a leitura em si, com todas as suas referências históricas. O pior ainda vem: como fazer uma ponte entre a nossa leitura e nossa vida? Qual o papel da arte na igreja? Qual o papel da arte comigo fora da igreja?

Semana que vem, vamos conversar sobre isso. Espero ver "question mark faces" em todos os rostos. Quero vê-los na dúvida, dando respostas que não vão satisfazê-los. Esse é o ponto perfeito pra atuação do professor: o momento breve da desequilibração, quando as verdades são questionadas e a mente se posiciona como um gato se preparando pra perseguir uma fitinha.

Somente depois que estivermos nesse ponto, vamos assistir a "O clube de leitura de Jane Austen". Mas antes, vou perguntar a eles:

  1. qual a arte em foco no filme?
  2. qual o papel dessa arte na vida dos personagens?
  3. como os personagens se observam uns aos outros e a si próprios?
  4. qual a importância dessa arte pro desfecho de cada personagem?
Não vou colocar nenhum spoiler aqui agora, ok? Depois da aula eu explico tudo direitinho!

sábado, 6 de novembro de 2010

Faça para Deus como se fizesse para seu patrão [1]

Foto: Gambare!
Vamos pensar um pouco juntos. O que leva uma pessoa trabalhar onde trabalha? O que a faz dedicar , no mínimo, 1/3 do seu dia a uma determinada atividade? A resposta mais óbivia para estas e outras perguntas similares seria uma única palavra: SOBREVIVÊNCIA! Mas será que a necessidade de sobrevivêcia supre todas as nossas necessidade emocionais de nos envolvermos em uma atividade ou profissão, na qual deveremos dedicar pelo menos 30 ou 35 anos de serviço árduo? Eu acredito que não. Esta semana tive a oportunidade de conversar com um analista de sistemas da Receita Federal, que deve ganhar por volta de R$ 15.000,00 e disse que vai pedir demissão. Por que será?



Precisamos de um propósito para a vida, fazermos algo que tenha sentido para nós, que deixe um legado, que abençoe vidas, pois é muito melhor dar do que receber (Atos 20.35) Percebam que quando estamos num emprego novo, acordamos mais cedo, ouvimos mais do que falamos, aceitamos mais e questionamos menos, queremos dar nossa contribuição para a organização que agora ' vestimos a camisa', porém, quando o tempo passa as ações começam a se inverterem. Aceitamos menos, questionamos mais, e queremos que a organização dê sua contribuição para nós. Mas o que isto tem a ver com Deus?

"Pois o Reino de Deus não é uma questão de comida ou de bebida, mas de viver corretamente, 
em paz e com a alegria que o Espírito Santo dá" 
Romanos 14.17
 
Vejo muitas igrejas cheias, e pouca gente servindo a Deus. Temos vagas de trabalho, precisamos de pessoas 

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Sexta de Pensamentos (05/11/2010)


"Seja lá o que você fizer, seja bom nisso." - Abraham Lincoln

"Quem luta pela vida pode não vencer, mas certamente, não será culpado pela derrota." - Máxima Oriental

"A maior vitória pertence àquele que vence sem desembainhar sua espada." - Sun Tzu

Compartilhe no Facebook

Related Posts with Thumbnails