Google+

"Meus filhos terão computadores, sim, mas antes terão livros. Sem livros, sem leitura, os nossos filhos serão incapazes de escrever - inclusive a sua própria história." Bill Gates

Compartilhe

segunda-feira, 4 de junho de 2012

Por acaso Deus deixou alguma coisa escrita?




Dia desses, meu filho me perguntou se Deus havia escrito alguma coisa. Enquanto tentava lhe explicar, me veio um insight: só encontramos três escritas feitas diretamente pela mão de Deus: nas tábuas da Lei, na parede do palácio da Babilônia e na areia. 

A primeira, escrita no Monte Sinai em tábuas de pedra, aponta para ainflexibilidade da Lei. Nelas Deus escreveu os dez mandamentos para nortear os homens na construção de uma sociedade justa.

A segunda, feita na parede do palácio real da Babilônia, à vista de todos os convidados do rei que se banqueteavam com os utensílios saqueados do Templo de Jerusalém, representa o Juízo de Deus sobre aqueles que são avaliados pela Lei. A segunda escrita pode representar o ministério dos profetas, cujo objetivo era o de denunciar a condição humana frente ao santo caráter de Deus, revelado na Lei. Perante ela, todos foram pesados e achados em falta. Portanto, estavam todos sob a condenação da Lei.

Mas a terceira escrita fora feita por Cristo na areia, enquanto uma mulher pega em flagrante adultério estava prestes a ser sumariamente executada por aqueles que a acusavam, estribados na Lei.
O que antes fora escrito em tábuas de pedra, agora foi escrito em nossos corações. Através da Cruz, a parede na qual estava escrita nossa condenação foi derrubada. E nossos pecados, escritos na areia, foram inteiramente apagados

Compartilhe no Facebook

Related Posts with Thumbnails