Google+

"Meus filhos terão computadores, sim, mas antes terão livros. Sem livros, sem leitura, os nossos filhos serão incapazes de escrever - inclusive a sua própria história." Bill Gates

Compartilhe

terça-feira, 10 de julho de 2012

A soma de todos os medos


Temos medos, e os adquirimos com o tempo, com o passar dos dias, dos meses, e dos anos, não nascemos com eles. Não sabemos ao certo de onde eles surgem, se veem das histórias que ouvimos, dos tombos que levamos, das frustrações que vivemos, das ameças que o desconhecido impõe sobre a nossa vida. Temos medo de não agradarmos, de não sermos aceitos, de falharmos como pais, como filhos, maridos, mulheres, profissionais, como cristãos... Seja lá de onde venham, estão presentes.

O medo não deixa de ser um instinto de preservação, de proteção, de fuga...

O medo pode nos dominar, nos paralisar, ou fazer nos jogar...

Quem disser que nunca sentiu medo na vida que atire a primeira pedra.

Minha filha caçula começou a perder seus primeiro dentinhos, e o medo da dor a deixou acuada, paralisada.  Já havia passado por isso com a mais velha, você pode conferir aqui.  Hoje já não era o primeiro, mas o segundo, o medo foi regado pelas lágrimas causadas pela dor do não vivido. Lembra do primeiro filha? Nem doeu! Acredite este será da mesma forma.

Amoleço ao ouvir: Pai sou medrosa!!!. Não filha, você não é medrosa. Medo, todos sentem, lembra nas férias quando fomos de barco para a ilha? Eu tive medo... Mas você foi!!! Enfrentou seu medo, e os medrosos não enfrentam seus medos.

Precisava reverter seu medo em coragem.

A mais velha, com dois longos anos de experiência à sua frente, a incentivava dizendo: Coragem irmã, aperte minha mão!!! Vejam só.



"No amor não há medo; ao contrário o perfeito amor expulsa o medo"
1 João 4.18a




O amor expulsa todo medo, o amor de Deus por nós, nos retira o medo. Nosso amor pelo filhos deve produzir algo semelhante. Deus nos diz 365 vezes ao longo da Bíblia - NÃO TEMAS! - uma vez para cada dia do ano. E hoje minha pequena pôde vencer o medo, o gigante que a afligia já não parecia ser tão grande em sua pequena mão.



Não tema, os gigantes que nos amedrontam podem não ser tão grande quanto nós pensamos que sejam. Não permita que o medo lhe domine. Espero em Deus que estas pequenas lições fiquem marcadas para sempre em sua vida, precisamos vencer nossos medos.

Compartilhe no Facebook

Related Posts with Thumbnails