Google+

"Meus filhos terão computadores, sim, mas antes terão livros. Sem livros, sem leitura, os nossos filhos serão incapazes de escrever - inclusive a sua própria história." Bill Gates

Compartilhe

domingo, 22 de julho de 2012

Perdi a fé




Outro dia estava no balcão de frios na padaria em que sempre compro pão, que por sinal seus donos são católicos bem devotos, estava com a TV sintonizada em um canal que apresentava um sermão de um padre que, confessso, só me toquei quando o rapaz que me atendia disse: "Deus tá nem aí para nós". No momento fiquei sem reação, talvez se estivesse em meu lugar uma cristão com mais fé que eu, mais amor que eu, mais ousado que eu tivesse estendido um dedo de prosa para saber o que havia levado aquele jovem a perder sua fé. Mas como foi eu que estava lá, escrevo.

Sua exclamação: "Deus não está nem aí para nós" é fruto de alguém que já esperou em Deus e se frustrou, não sei o que o frustrou, qual era sua esperança ou sua queixa para com Deus. Mas quem não tem queixas para com Deus? Esta não é uma expressão de quem nunca teve fé, mas é uma expressão de quem a teve e a perdeu.

Mas como alguém pode esperar em Deus e se frustrar?

Podemos nós frustrar com Deus, assim como nós frustrados com as pessoas, esperamos coisas que não recebemos. Podemos não  ter o amor desejado, o carinho que necessitamos, ou o respeito que acreditamos merecer. Por que Deus não daria coisas que esperamos, por mais justas que e adequadas elas nos pareçam ser?

Em vários momentos na vida questionei a Deus os porquês, os porquê não.... Na maioria das vezes obtive o silêncio como resposta, não por que Deus não quisesse responder, mas porque já tinha a resposta e não queria aceitá-la.

Buscamos em nossas orações, mudanças exteriores, queremos sempre que alguém ou alguma coisa mude. Somos egoístas, nossa oração pelo outro normalmente visa aliviar uma tenção sobre nós. Raramente oramos para que o alvo desta mudança sejamos nós mesmos... Quem nunca lutou contra Deus, assim como Jacó lutou contra o Anjo do Senhor para obter sua bênção?


Deus não nós dará todas as respostas. E julgamos vão nosso exercício de fé e de fidelidade ao Senhor, lembro-me das palavras do salmista:

"Quando o meu coração estava amargurado e no íntimo eu sentia inveja,agi como insensato e ignorante; minha atitude para contigo era a de um animal irracional.Contudo, sempre estou contigo; tomas a minha mão direita e me susténs."  Salmos 73:21-23


Assim, perderemos a fé? A quem devemos buscar nos momentos de fraqueza e solidão? A quem teremos no mundo além de Deus?

"A quem tenho nos céus senão a ti? E na terra, nada mais desejo além de estar junto a ti.O meu corpo e o meu coração poderão fraquejar, mas Deus é a força do meu coração e a minha herança para sempre." Salmos 73:25-26

Compartilhe no Facebook

Related Posts with Thumbnails