Google+

"Meus filhos terão computadores, sim, mas antes terão livros. Sem livros, sem leitura, os nossos filhos serão incapazes de escrever - inclusive a sua própria história." Bill Gates

Compartilhe

quarta-feira, 13 de abril de 2011

O que me mantém na igreja?

Publicado originalmente no blog do Pr. Marcio de Souza



Hoje, a maior incidência de crises em cristãos, não vem mais de fora da igreja. Não é mais sexo, nem poder, nem dinheiro o que mexem com a cabeça do crente, mas a instituição “igreja” e seus líderes. Sabendo disso, vou tentar compartilhar alguns pontos pelos quais eu insisto apesar de tudo em prosseguir como igreja.

A igreja é como a arca de Noé, é um lugar onde há sujeira, é incômodo muitas vezes, mas é o melhor lugar que vc pode estar nesses tempos de dilúvio espiritual.

Ser igreja e corpo de Cristo independente da estrutura – Não importa se o espaço é pequeno, importa o tamanho da graça derramada no lugar através do Espírito Santo para o corpo d’Ele. Não me importa a instituição, me importa viver o Evangelho vivo de Jesus, sem barganhas, sem dogmas, sem barreiras, evangelho vivo. Queremos fazer deste lugar um espaço onde aqueles que já se desiludiram com “Igreja evangélica” mas que ainda se sente “corpo de Cristo” possa ter paz e receber a graça de Deus.

Porque tem gente na igreja que precisa de mim e de você – O meu senso de missão ainda é maior do que minha covardia. É preciso estar sempre aberto a todo tipo de manifestação das mais sensíveis as mais brutas e tentar ajudar quem passa por essas situações. Às vezes, você pode pensar: “Pra que ir lá”, mas só te ver pra mim já é motivo de festa. Eu sou carente de comunhão!

O compromisso com a verdade – Minha motivação de estar na igreja hoje se deve ao fato de que eu achei um lugar onde eu posso pregar a verdade! Porque a verdade é que liberta e não o engano, que andam pregando. Se a graça é escândalo, então tem que ser pregada assim, escandalosamente!

O amor de Jesus – Não importa sua estrutura ou sensibilidade, o coração de Jesus está cheio de amor por você. Amor que não se deve ao nosso bom comportamento, nem diminui por causa das nossas bobeirinhas. E esse amor é tão certo nos dias claros e alegres quanto nas solitárias noites escuras. E esse amor precisa estar em nós! O verdadeiro amor vence o medo, vence tudo.

Não importa quantas vezes você já esteve fora, Jesus sempre te considerou parte do corpo. Não importa quantas vezes você já pensou em sair da igreja, independente de onde você estiver, Jesus te garante a permanência dentro desse corpo, ele não vai excluir você.

E no mais, tudo na mais santa paz! 

Compartilhe no Facebook

Related Posts with Thumbnails