Google+

"Meus filhos terão computadores, sim, mas antes terão livros. Sem livros, sem leitura, os nossos filhos serão incapazes de escrever - inclusive a sua própria história." Bill Gates

Compartilhe

sexta-feira, 7 de junho de 2013

Até quando, Senhor?



Senhor,

Permita-me chegar um pouco mais perto de Ti neste dia, pois preciso me desabafar. Sei que não sou digno nem de estar em Tua presença, quanto mais de me aproximar de Ti. Mas venho confiado na Tua Graça. Esta graça inexplicável, que tanta estranheza causa no coração dos homens.

Eu te amo, Senhor,e jamais conseguirei expressar o quanto.

Desisto de procurar palavras para Te impressionar, pois não encontro nenhum à altura da Tua majestade.

Eu era um lixo desprezível. Até hoje não sei o que o Senhor viu em mim. Mas sei que me amou. Como eu não seria grato?

O Senhor me salvou de minha mediocridade crônica. Me concedeu o título que deveria ser o mais cobiçado pelos homens: filho de Deus.

Sabe Senhor, há algo que me revolta e me consome:

Por que pessoas usam Teu nome impunemente? Não sei como o Senhor, com o poder que tem, não acaba logo com o circo que fazem em torno do Teu nome.

Como podem proferir Teu nome sem Te amar?

Quão insensíveis são aqueles que exploram seus irmãos em nome da Fé! Quão desprezíveis e sujos os que expõem Teu nome ao ridículo diante dos homens. Será que não percebem que magoam o Teu coração?

Não estou preocupado com a reputação da igreja! Nem com a opinião pública acerca dos que se dizem Teus seguidores. O que me preocupa é a tristeza que provocamos em Teu coração.

Tu não mereces isso, Senhor! Somos tão ingratos! Tão gananciosos! Tão estúpidos!

Mas o Senhor não tem jeito mesmo... Continua tão misericordioso, que em vez de consumi-los com Tua justa ira, prefere lhes dar tempo para que se arrependam.

Como Te admiro, Senhor!

Será maravilhoso gastar a eternidade conTigo.

Se eles soubessem o quão amável és, jamais Te insultariam! Jamais trocariam o prazer da Tua presença por bem algum desta vida.

Tu és inigualavelmente precioso.

Ah se pelo menos eu os convencesse disso.

Mas se não posso convencê-los, pelo menos vou denunciar sua petulância e irreverência. Não posso tolerar o que fazem com o nome do meu Salvador.

Se não querem Te louvar pelo que Tu és, pelo Teu amor, pela Tua justiça, então, que se calem! Que o mundo veja a sua insensatez.

E que eles, uma vez humilhados e envergonhados, se voltem para Ti e alcancem misericórdia.

Perdoe-me a ousadia, Senhor. Tu não necessitas de um advogado, quanto mais um como eu, tão ambíguo e falho.

Apenas quero com isso demonstrar o quanto Te amo e me importo com o que fazem com o Teu santo nome.

Que meu amor a Ti contagie tantos outros, e que nossas vozes juntas abafem os sons dos lábios dos que profanam Tua santidade.

Te amarei para sempre, oh Deus, Amante da minh’alma...


* Se alguém desejar, faça um comentário em forma de oração. Reparem que não coloquei "amém", para que não caracterizasse o fim da oração. Portanto, ela continua. Se não quiser comentar, tudo bem, mas junte-se a nós assim mesmo, e ore para que aqueles que têm profanado o nome do Senhor, sejam conscientizados disso, se arrependam, e se voltem para Ele.

Esta oração foi iniciada pelo bispo Hermes Fernandes, no Cristianismo Subversivo, deixe o complemento da sua oração aqui ou passa lá e veja como o pessoal tem orado....

Compartilhe no Facebook

Related Posts with Thumbnails