Google+

"Meus filhos terão computadores, sim, mas antes terão livros. Sem livros, sem leitura, os nossos filhos serão incapazes de escrever - inclusive a sua própria história." Bill Gates

Compartilhe

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Metáforas para tristeza e angústia

imagem: Intenet

Ricardo Gondim, no seu blog
Tristeza tem o rosto de um pai indo e voltando por algum corredor pediátrico.
Tristeza tem as luzes da alvorada em algum cemitério.
Tristeza tem a lentidão da fila de alguma mina de carvão no começo do expediente.
Tristeza tem a palidez do vestido de noiva em liquidação no brechó.
Tristeza tem o som de murmúrio em algum escombro humano.
Entretanto
O triste percebe realidades imperceptíveis.
O abatido enxerga o invisível.
O desconsolado acorda para o imprevisível.
Bem-aventurado o que ouve.
Feliz o que soletra o antônimo de inexpugnável.
Bendito o que aceita a força da impotência.
Angústia vem com a crueldade de um relógio que não esquece os centésimos de segundos.
Angústia vem com a frieza de um verdugo quando instrui o condenado no patíbulo.
Angústia vem com o desalento de uma enfermeira que aplica quimioterapia sabendo que não haverá cura.
Angústia vem com a insônia de uma avó vergada de saudade .
Entretanto
O angustiado se re-inventa.
O inquieto arroja.
O desassossegado persevera.
Bem-aventurado o que luta.
Feliz o que se agarra ao fiapo da esperança.
Bendito o que se inspira no olhar do cordeiro e não na espreita do chacal.
Soli Deo Gloria

Compartilhe no Facebook

Related Posts with Thumbnails