Google+

"Meus filhos terão computadores, sim, mas antes terão livros. Sem livros, sem leitura, os nossos filhos serão incapazes de escrever - inclusive a sua própria história." Bill Gates

Compartilhe

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Não há ateus em panes de avião


,
Texto do Fabenrik publicado no Bule Voador

Nas idas e vindas de buscas para encontrar material para o tumblr, a pérola mais comum, com alguns milhões de quilômetros de vantagem, é aquela que diz ‘não existem ateus em pane de avião’.

Sério gente. Sério. Dois mil anos de estudos teológicos e o melhor que vocês conseguem fazer é repetir ad infinitum uma situação imaginária onde o ateu se borra de medo hipotético? Sério?

A coisa é tão besta que não tem nem como responder. É muito mais uma ameaça do que um argumento. É como se dissessem ‘ai, você diz que é ateu e eu não consigo te convencer com argumentos racionais, mas quando você não estiver fazendo pleno uso das suas faculdades mentais, vai me dar razão’. Ou ‘você se diz vegetariano agora, mas passe uma semana sem comer nada, quero ver se não aceita um belo bife’. Ou ‘ah, você diz que dirige bem? Então beba um litro de uísque e depois tente fazer uma baliza!’.Há algum tempo diziam que não havia ateus em trincheiras. Claro que as pessoas que costumam fazer esse tipo de afirmação não se dão ao trabalho de confirmar se existem mesmo ateus em trincheiras ou não, mas sim, existem (foto acima).

Dá pra imaginar uma situação onde se gravaria um capitão de avião continuando ateu mesmo na iminência de um desastre, mas não iria adiantar de nada. Iriam continuar repetindo a baboseira, sem consultar, sem se informar, sem fazer questão de saber se é verdade.


Mais do que isso: James Morrow, muito sabiamente, afirmou: ‘Não há ateus em trincheiras é um argumento contra trincheiras, e não contra o ateísmo’. Ele percebeu, assim como todas as pessoas que têm mais do que dois neurônios, que decisões tomadas em momentos de extrema tensão não costumam ser as melhores. Já o povo no twitter…


Notem como todos eles se acham super brilhantes enquanto repetem a mesma bobagem over and over. Não ser muito inteligente é perdoável. Agora, ser estúpido e se achar brilhante é duro de engolir.

Mas o que dizer, o que responder? Simples: que a simples existência do avião é uma afronta direta aos que defendem a literalidade bíblica. Torre de Babel… a história de chegar aos céus…. nós chegamos! Todos os dias, milhares de pessoas por dia. Cristãos, muçulmanos, budistas, ateus, a física funciona do mesmo jeito com todos. E ainda fomos ao espaço e, guess what, Deus, que ficou bravo até com uma torre, dessa vez não fez nada! Logo agora que poderíamos registrar tudo, comprovar, evidenciar com mais do que um livro empoeirado, ele resolveu ficar quieto. Uma pena.

Ah, e os aviões caem do mesmo jeito, mesmo quando estão cheios de crentes.

Compartilhe no Facebook

Related Posts with Thumbnails