Google+

"Meus filhos terão computadores, sim, mas antes terão livros. Sem livros, sem leitura, os nossos filhos serão incapazes de escrever - inclusive a sua própria história." Bill Gates

Compartilhe

quinta-feira, 16 de maio de 2013

Evangélicos podem contribuir com a missão da igreja católica, diz padre assessor da CNBB

Adoração dos Paroquianos durante um culto matinal de domingo na
 Igreja de Ebenezer AME em Fort Washington, Maryland, 28 de março de 2010.
(Foto: Reuters/Jonathan Ernst)
por Giana Guterres, no Christian Post

Elias Wolff falou sobre a importância do movimento pentecostal evangélico em entrevista para a Canção Nova. O padre destacou ainda atributos positivos que agregam à missão da igreja e aos cristãos. Ele é um dos assessores da Conferencia Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).
A Igreja Católica está promovendo a Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos. Segundo o portal católico Canção Nova, “esta também é uma oportunidade para pensar sobre o lugar que as Igrejas Evangélicas Pentecostais ocupam no trabalho ecumênico que os católicos têm promovido no mundo”.

O padre Elias Wolff, assessor da Comissão para o Ecumenismo da Conferência CNBB, destacou que os evangélicos pentecostais são cristãos que têm uma característica forte em sua experiência de fé, marcada pela pessoa do Espírito Santo.

“Esta experiência é própria de todo o cristão, mas não há dúvida que são os evangélicos quem têm o uso da Palavra mais frequente que muitos católicos”, destacou o padre sobre o que os cristãos evangélicos agregam na experiência com a Palavra de Deus.

Elias Wolff defende que as igrejas evangélicas pentecostais podem contribuir muito com a missão da igreja católica. Ele também ressaltou em entrevista ao portal que há uma presença de comunhão deste público cristão com a fé católica em alguns movimentos dentro de sua igreja. Ele classifica o pentecostalismo como parte do Cristianismo.

“Nós falamos muitas coisas sobre o pentecostalismo que nem sempre corresponde a realidade, fundamentado numa falta de conhecimento sobre o que de fato ele é. A pentecostalidade é uma característica de todo cristão, não só dos evangélicos”, disse o padre.

O dom missionário dos evangélicos também é um ponto forte que acrescenta a igreja católica, segundo Wolff. “A consciência missionária é muito desenvolvida no mundo pentecostal”, complementou.

“Há uma série de elementos que, não sendo exclusivos dos pentecostais, pois são também nossos [dos católicos], nos indicam, de alguma forma, um modo de assumí-los. E há de reconhecer que há espaço de cooperação na missão, se pensarmos nesse sentido”, disse o padre.

“Depois vamos percebendo também que as diferenças existem, não somos todos iguais. Mas estas diferenças precisam ser conversadas a partir desses elementos comuns para católicos e evangélicos. Estudar e conhecer vale para católicos e evangélicos”, finalizou.

Compartilhe no Facebook

Related Posts with Thumbnails