Google+

"Meus filhos terão computadores, sim, mas antes terão livros. Sem livros, sem leitura, os nossos filhos serão incapazes de escrever - inclusive a sua própria história." Bill Gates

Compartilhe

segunda-feira, 8 de abril de 2013

Filho de Rick Warren comete suicídio


RickWarren3

O conhecido pastor e autor Rick Warren tem três filhos de seu casamento com Kay Warren. O caçula, Matthew, suicidou-se ontem, segundo um e-mail enviado pelo pastor na manhã deste sábado (6/4).
“Não há palavras para expressar a dor angustiante que sinto agora. Nosso filho mais novo, Matthew, 27 anos, e um membro da Saddleback, morreu hoje”, escreveu Warren na mensagem para os membros de sua igreja. “Ao longo dos 33 anos que estivemos juntos, passamos por todo tipo de crise. Kay e eu tivemos o privilégio de segurar suas mãos enquanto vocês enfrentaram crises ou perdas, ficamos ao seu lado em velórios e oramos por vocês quando alguém estava doente. Hoje, somos nós que precisamos de sua oração”.
image
Matthew Warren
Warren descreveu o filho mais novo como “um homem incrivelmente bondoso, gentil e compassivo”. E explicou “Ele tinha um intelecto brilhante e uma grande capacidade de detectar quando alguém precisava de ajuda. Por isso, sempre tentava se aproximar dessas pessoas e incentivá-las. Mas as pessoas mais próximas da família sabiam que ele lutava, desde o nascimento, com uma doença mental, que incluía longas crises de depressão e até mesmo pensamentos suicidas. Apesar de termos procurado os melhores médicos do país, testado diferentes medicamentos, e contado com conselheiros e muitas orações por sua cura, a tortura desta doença mental nunca diminuiu. Hoje, depois de uma noite divertida junto com Kay e eu, durante uma onda de desespero momentâneo em sua casa, ele tirou a própria vida. ”
Warren disse que ele e sua esposa, se admiravam de ver o filho “sempre seguindo em frente, apesar da dor implacável.” “Muitos anos atrás, depois de uma outra tentativa de ajudá-lo, mas sem sucesso, Matthew disse: ‘Pai, sei que vou para o céu. Porque eu não posso simplesmente morrer e acabar com esta dor?”. Isso foi há dez anos.

Agora, a família Warren diz que procurará conforto em Deus para continuar seu trabalho ministerial. Líder internacionalmente conhecido, pastor da Igreja de Saddleback, Califórnia, e autor de “Uma Vida com Propósitos” livro cristão mais vendido da história e o segundo livro mais traduzido no mundo, depois da Bíblia, Rick, 59, tem outros dois filhos adultos, Amy e Josh, e cinco netos.
(Com informações The Christian Post, via Gospel Prime.)
***
Com esta trágica notícia, vários internautas deferiram muitas opiniões obre o ocorrido, chegando até a apresentar a insensibilidade de supor que o Matthew teria ido para o inferno. O certo é que, creio que não seja momento de se especular sobre o destino do Matthew, aliás esse momento nunca deve existir; o que nos cabe agora é se compadecer com a família e orar pra que Deus possa estar consolando os corações.
O pastor Renato Vargens, inquieto com tais falatório, deixou um comentário em sua página no Facebook:
“Muito se tem falado sobre a morte do filho do Rick Warren, inclusive que ele perdeu a salvação e foi para o inferno. Confesso que me assusta a insensibilidade de alguns cristãos. Outra coisa, quem pode julgar se um homem esta salvo ou não a não ser o Senhor? Ora, esta é uma prerrogativa que não nos cabe, e sim ao Soberano Deus. Somente o Eterno tem poder para de decidir o destino final os homens e isto é indiscutível. Outra coisa, não creio que crentes percam a salvação. Nada pode separar um cristão do seu Senhor, nem mesmo a morte. O rapaz, cometeu um ato inconcebível a pessoas saudáveis, que se deveu exclusivamente ao fato de uma depressão que o vitimava a longos anos. Louvado seja Deus pela sua graça que não nos trata mediante nossa fraqueza e que mesmo diante de atos incompreensíveis como este não nos tira a vida eterna.”

Compartilhe no Facebook

Related Posts with Thumbnails